Gestão de Riscos

Qualquer atividade nos mercados financeiros traz consigo riscos. Qualquer atividade fora dos mercados financeiros também traz consigo riscos. O cliente, celebrando um contrato com uma corretora, sempre concorda e assina a correspondente notificação de risco. Esta é a lei.

No entanto, poucas pessoas realmente a leem e poucas pessoas estão cientes do grau de risco nos mercados financeiros. A quinta-feira negra no início de 2015 mostrou um forte aumento no franco suíço. Os riscos não são correlacionados pelos traders privados nem pelas próprias corretoras. Após aquele incidente, várias empresas faliram. Vários clientes estão em dívida até agora. Suas contas de negociação sofreram perdas significativas.

Para as corretoras, tudo é um pouco mais simples. É suficiente aumentar as exigências de margem em antecipação à volatilidade. Os traders precisam usar todas as ferramentas de gerenciamento de riscos possíveis. Elas permitirão não se colocar em uma condição de perda e obter uma renda estável.

Vamos considerar as importantes ferramentas de gerenciamento de riscos que ajudarão você a minimizar suas perdas e aumentar a receita:

1) Take profit 

Take profit (ou recolher lucros) fecha automaticamente a transação ao atingir um nível de preço predeterminado, fixando sua renda. Você cria a ordem de que, assim que o preço atingir determinado nível, é necessário fechar a negociação. Com esta ferramenta, você pode fixar seu lucro até que o mercado mude de movimento, causando uma perda da receita ganha.

 

 

2)  Stop loss 

Stop Loss (ou parar perdas) é a maneira mais popular de gerenciar riscos em Forex. Os tipos de Stop Loss são os seguintes:

  • Tradicional;

  • Virtual (por nível de preço, por valor de perda na moeda da conta).

O primeiro método envolve o estabelecimento de Stop Loss para um certo valor do preço no qual a negociação será fechada. O segundo método é mais sofisticado. Ele assume que a ordem stop loss não está definida. Ao atingir uma perda correspondente (ou redução nos lucros),a transação será fechada automaticamente por um consultor ou manualmente. Este último tem um maior grau de slippage (ou deslize). No entanto, tais ordens stop-loss não são exibidas no terminal ou no lado da corretora.

3)  Trailing stop 

A trailing stop (ou parada móvel de perdas) ajuda a limitar nossas perdas e até mesmo a obter mais lucro. Ela é semelhante à stop loss, mas possui um algoritmo ligeiramente diferente. O ponto principal é que essa ordem nos ajuda a minimizar nossas perdas caso o preço vá contra nós depois que ele tiver ido em uma direção que nos era favorável.

4) Gerenciamento de dinheiro 

Qualquer que seja o sistema de negociação, uma violação do gerenciamento do dinheiro pode levar a consequências irreversíveis. Exceder o montante estimado de entrada no mercado pode trazer rapidamente um lucro significativo, bem como nos fazer entrar na zona não rentável, onde fixar a perda atual será a solução mais acertada. Se um trader começa a esperar por um recuo em sua direção com uma quantia significativa na posição, ele comete um erro. Um pequeno recuo contra ele trará um risco crescente para o depósito. A conformidade com essa ferramenta permite eliminar o início da chamada de margem (margin-call) e da parada forçada (stop-out).

Nenhum sistema de negociação proporcionará uma renda estável se o trader não usar as ferramentas básicas de gerenciamento de risco. A coisa mais importante no mercado não é tanto aumentar seu capital, mas sim protegê-lo.

SIMPLES E CONFIÁVEL
SACAR DINHEIRO
Boleto
Visa
Mastercard
Neteller
Adv-cash
Astropay
Skrill
Webmoney
MOSTRAR TUDO